quarta-feira, 3 de agosto de 2016

5 Motivos Para Fazer Procedimentos Estéticos no Inverno


Conheça os 5 motivos para fazer procedimentos estéticos no inverno
                                                                                          *Por Wagner Montenegro


A busca e a realização de todos os tipos de cirurgias plásticas voltadas à estética aumentam muito nas temperaturas mais frias, já que é do conhecimento popular que o inverno é a estação mais propícia para a realização desses procedimentos. Mas por que essa é a melhor época?
Eis os principais pontos a serem levados em consideração:
1.  A mulher estará pronta para o verão, poderá ir à praia e se expor ao sol com segurança: A cirurgia plástica realizada nesta época possibilita com que a paciente chegue ao verão recuperada e apta a deixar à mostra a região trabalhada na cirurgia, sem riscos.
2. A paciente pode se esconder mais no inverno, com roupas mais largas, portanto, o uso de cinta é mais confortável e discreto: Durante os climas mais quentes há pacientes que sentem incômodo com a cinta, que é justa e de um material espesso. O uso de malhas compressivas, conhecidas como cintas pós-cirúrgicas, é obrigatório em cirurgias como a lipoaspiração, pois favorece o restabelecimento dos tecidos, diminuindo o acúmulo de água e, consequentemente, o inchaço. A compressão também inibe o sangramento dos vasinhos, o que significa a redução de manchas roxas (hematomas).
3. Com o clima frio a paciente fica menos inchada, consequentemente, a recuperação é um pouco mais rápida: Como o inchaço é menor, a dor também é menor. As temperaturas quentes estimulam a dilatação dos vasos sanguíneos, contribuindo para o edema. No frio, não há esse problema e, consequentemente, é reduzida a chance de retenção de líquidos, o que dá uma sensação mais confortável à paciente.
4. No mês de julho os filhos estão em férias escolares, então fica mais fácil das mães conciliarem seu pós-operatório com uma rotina mais tranquila em casa: O fato das famílias optarem por viajar também ajuda. Muitas vezes a paciente também coincide as suas férias com as dos filhos, possibilitando um tempo maior de repouso e um pós-operatório mais sossegado.
5. A baixa incidência dos raios solares e a menor exposição ao sol nessa época do ano auxiliam na boa cicatrização, amenizando o risco de manchas de pele e cicatrizes escurecidas: A cicatrização é um processo de reparo em que o tecido conjuntivo fibroso se prolifera, substituindo a área da incisão por uma cicatriz. A qualidade de uma cicatriz está intimamente ligada a fatores genéticos e biológicos, porém, uma boa técnica cirúrgica e de sutura feita pelo cirurgião plástico, aliada aos devidos cuidados no pós-operatório, são elementos fundamentais para uma boa cicatrização.


 Fonte: Montenegro Cirurgia Plástica – Dr. Wagner Montenegro





*Dr. Wagner Montenegro – Especialista em Cirurgia Plástica pelo Conselho Regional de Medicina, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário